sábado, 13 de fevereiro de 2010

Diversão no Hopi Hari


Diferentemente de Resende, a cidade de Campinas é muito grande e bastante desenvolvida, com vários locais para diversão, além de vários shoppings, salas de cinema, boates e PU.

Logo após a época de adaptação, é normal o ritmo diminuir dentro da Escola, até devido à rotina de aulas e instruções, e, conseqüentemente, há maior tempo livre nos finais de semana para se divertir pela cidade, aproveitando o que tem de bom.

Uma dessas atividades boas é a visitação ao Hopi Hari, grande parque de diversões e um dos maiores do país, que fica localizado na cidade de Vinhedo (região metropolitana de Campinas), e tem uma excelente estrutura com diversos brinquedos, restaurantes, lanchonetes e até hotel.
Para facilitar a vida dos alunos, o GRL (Grêmio Recreativo e Literário) organiza essa visitação, de modo que o preço fique menor e o deslocamento seja facilitado, evitando perda de tempo no final de semana com ônibus e transporte, além de ninguém ficar perdido, visto que poucos sabem andar por toda a cidade. Assim, o GRL compra uma quantidade de ingressos antecipados e, logicamente, consegue um preço mais acessível para todos.
Quando eu fui, o grande problema eram as filas quase intermináveis. Existiam brinquedos (como a montanha russa de madeira) que a fila demorava cerca de 2 horas e o brinquedo só dura 5 minutos. Para isso, existem alguns "fura-fila" especiais: são cartões que o parque vende e, com isso, a pessoa pode passar na frente e utilizar uma fila própria com muito menos pessoas.

Como os ônibus chegam ao parque muito cedo (praticamente somos os primeiros a chegar) o bizu é correr até os melhores brinquedos: montanha russa de maneira, torre Eiffel e montanha russa de looping. Tem o "jeito carioca" de furar fila e fingir que está tudo normal, mas se for pego, não reclame!

Para quem tem namorada o bizu é ficar em um hotel durante o final de semana e aproveitar para levá-la para essa visita, visto que o GRL vende quantos ingressos (passaportes) o aluno decidir. Lembro que meu canga ("vizinho" no alojamento) combinou de ficar em um hotel no centro da cidade e, como outros também fizeram, foram em conjunto de ônibus para o Hopi Hari e curtiram o final de semana com a amada.

Para quem não possui namorada, o melhor a fazer é curtir com o pessoal. Alguns, para não gastarem tanto, levaram um pequeno bornal (mochila) com comida e água, já que no parque é tudo muito caro e, assim, conseguiram curtir gastando quase nada.

Os custos foram, de mais ou menos, R$50 por cabeça: R$45 de passaporte e R$5 do ônibus (alugado pelo GRL). Mas vale lembrar que algumas atrações são pagas, pois não estão incluídas no pacote do Hopi Hari. Umas são bem caras, mas aí vai de cada um decidir se vale a pena ou não.

Para quem vai com família e namorada, é mais interessante consultar a Caprioli que tem ônibus o dia inteiro para o parque:

Empresa Responsável : Caprioli / Lira
Campinas: (019) 3734-6067, 3234-1000 e 3234-5505.



Para quem deseja ver o mapa do Parque: http://www.hopihari.com.br/mapa/mapao.aspx


E o site do Parque: www.hopihari.com.br



3 comentários:

mega Sharingan disse...

remalmente vale a pena ir no hopi hari
é muito bom o parque

Anônimo disse...

paulocesar disse....

deve ser muito bom. dica sobre levar comida foi boa.

Anônimo disse...

Cássia disse...

Solicito alterar o número do telefone da Empresa Caprioli/Lira de (019) 3734-6067 para (19) 3743-3082.Grata.