sábado, 2 de maio de 2009

E o tempo passou...

Lembro que quando eu era candidato ou preposo, vivia falando que deixaria o blog um aço. Arrumaria tempo para escrever e tirar as dúvidas de todo mundo, já que eu era cheio de dúvidas no mundo civil sobre como funcionava a AMAN. Mas, nem tudo é como a gente quer. Aqui, o maior inimido do cadete é o tempo. Nunca há tempo e as 24 horas passam tão rápido que o dia voa, a semana, às vezes, parece nem existir e, quando está no sanhaço (na dificuldade) o tempo voa, ainda, mais rápido!! Deixa isso de lado e vamos ao que interessa! A vida na AMAN é diferente de tudo que eu já ouvi falarem. Aqui, o respeito entre os cadetes de anos diferentes e a hierarquia são levados a sério de uma maneira que todos chamam de BOLHA. A AMAN não é o mundo. Aqui, respeitar é obrigação e, mesmo contrariado, faço as ordens dos superiores. Muitas vezes, não entendo o motivo, mas depois de um certo tempo, percebe-se que aquela ação era realmente necessária. Na EsPCEx eu não entendia o motivo da parada diária (uma revista antes de começar o serviço no dia). Achava um saco ter de passar a farda no dia anterior, cortar o cabelo, lembrar de colocar a identidade na farda e engraxar o coturno. Acordar cedo, então, era um verdadeiro saco nesse dia. E era cedo mesmo, pra dar tempo de tomar um banho e fazer a barba ainda mais no padrão. Hoje, percebo que isso tudo é necessário. Aquele que vai para a Parada Diária com a farda mal passada e fora do padrão não se preparou para o serviço. Ele, simplesmente, vestiu a farda de qualquer jeito e não ligou em estar de serviço e ser responsável por várias atividades. Imagine um militar desses na tropa? Hoje, o cadete ou aluno é responsável por um fuzil (o que ele usa), pelo seu corpo e pelas suas atitudes. E esse "responsável" não tem a mínica vergonha na cara de se preparar no dia anterior ao serviço. Agora, imagine-se daqui a 5 anos, quando formado e já Aspirante a oficial. Não será mais responsável por um armamento e pelo seu corpo, mas pela sua tropa! E quando receber a missão de atacar um ponto, vai fazer igual fazia na Parada Diára? Acordar, pegar a arma e sair sem rumo? Aos poucos, vou aprendendo que algumas coisas "rolhas" são importantíssimas.

6 comentários:

John disse...

O blog ta PERFEITO... Não nos abandone, abraço

felipe disse...

ta muito bom bom o blog, me ajudo bastante com umas duvidas que eu tinha de como era a vida dentro da espcex....vo presta esse ano e se tudo de certo em 2010 eu to la!!!...e nao para de posta nao...continua falando como é ai na aman e tambem da umas dicas de como passa na espcex....vlew!!

Jackson William disse...

Ótimo. Parabens, a cada postagem que leio me sinto mais motivado e certo de que este será meu caminho. Brasil!

Anônimo disse...

para entrar na AMAN é preciso faser alguma prova ou vai direto mesmo?

Josuel disse...

Parabens cara lhe desejo boa sorte e que consigas ser um oficial do EB, assim como é meu grande sonho tambem...

Candidato disse...

Para entrar na AMAN tem que fazer a provada EsPCEx e passar um ano na Escola, além de ter aproveitamento mínimo em todo o curso.